Banner
 

15/09/2016

Transparência nas finanças

Por: Michele Lordêlo

Tivemos a oportunidade de estrear neste mês um quadro no Programa Cadê o Síndico, que fala sobre auditoria para condomínio, que se chama: “Pergunte à especialista”. O objetivo é ratificar o quanto a auditoria é acessível para todos os tipos de condomínio e que do maior ao menor porte, as dúvidas são inúmeras. É uma satisfação para nós, sempre falarmos sobre auditoria, um tema que começamos a debater e expandir desde 2003.

Mesmo com todo o crescimento e organização das administradoras de condomínios, infelizmente ainda temos uma minoria que trabalha com a chamada conta POOL (que reúne os recebimentos e pagamentos de diversos condomínios em uma só conta). A Pool deveria ser utilizada por pouquíssimo período de tempo até a saída do CNPJ do condomínio. Muitos são os problemas oriundos dessa prática, que se inicia, muitas vezes com a ingerência da retirada do TVL (termo de viabilidade de localização), assinatura da ata de eleição de síndico, retirada do DBE (documento básico de entrada do CNPJ) e seus trâmites.

Quando identificamos que o condomínio ultrapassou tempo suficiente para regularização do CNPJ, indicamos no relatório de auditoria a não-conformidade, bem como os levantamentos que encontramos frente ao uso da conta Pool Geral.

O que deve ser observado pelos gestores, que ensejará a contratação de auditoria, é que, se forem recorrentes os déficits no balancete com a utilização deste tipo de conta, temos um indicativo, sem sombra de dúvidas, que algo não está a contento.
A contratação de auditoria de prestação de contas engloba este achado de auditoria e através da análise da conta Pool Geral, é possível identificar, como andam as finanças do condomínio.

Neste tipo de auditoria verificamos quão transparente são os relatórios da administradora, verificando se os gastos são realmente do condomínio. Também é possível indicar como está sendo aplicada a política de pagamentos e reembolsos da administradora, já que esta controlará 100% dos recursos do condomínio.


Michele Lordêlo é contadora, empresária do Grupo Lordêlo de Contabilidade, que reúne a, Lordêlo Audit (Auditoria para Condomínios), Lordêlo Cont (Contabilidade para Empresas) e Lordêlo Trainning (Treinamentos Contábeis para as equipes das Administradoras de Condomínios), especialista em Auditorias para Condomínios, Doutora em Educação e Professora de Cursos de Pós-Graduação.  m_lordelo@yahoo.com.br, Tel.: (71) 3351-6952.



 

Tags: Auditoria  Finanças  Transparência  

Comentários

Cadê o Síndico é uma realização da Editora União Salvador LTDA.

Travessa Francisco Gonçalves, 01, Edf. Reitor Miguel Calmon, Sl. 303
Comércio - CEP:40.015-090 71 3242-1084 / 3491-0710