28/07/2017

Mulher da transformação

Por: Carla Brayner




SÍNDICA TRANSFORMA ÁREAS DO CONDOMÍNIO LISBOA SEM TAXA EXTRA


Em busca da valorização do patrimônio, síndicos e condôminos vêm optando pela modernização de condomínios antigos, incluindo itens que são comuns nos condomínios mais novos. No Condomínio Lisboa, localizado na Vitória, melhorias foram implantadas na gestão de Maria da Conceição Cavadas Maltez, sem cobrança de taxa extra e com pouco aumento da taxa condominial.

Em quatro anos de gestão, Concha, como é conhecida, foi reeleita, e caminha para completar seu quinto ano como síndica do condomínio Lisboa. “Eu era subsíndica, bem atuante, ao lado de Isabel Campos, éramos como Cosme e Damião. Pau para toda obra. Eu nunca pensei em ser síndica, mas, pediram que eu continuasse. Meus planos para fazer as melhorias no condomínio me motivaram a aceitar. Assumi o cargo e fiz muitas mudanças positivas, e até dezembro tenho mais metas”, conta Concha.  

Áreas frias do playground e salão de festas foram decoradas e mobiliadas e as áreas vazias foram preenchidas com academia e espaço gourmet. “E até dezembro minha meta é tornar útil uma área vazia na G4, equivalente à dois apartamentos do condomínio. Pretendo construir 50 depósitos (um por apartamento), quarto de funcionário, pequena área de serviço com a lavanderia do condomínio, e vagas de garagem para visitantes, já que na Vitória é difícil encontrar estacionamento”, disse a síndica, que ainda contou que para início do ano de 2018, a meta é reformar a portaria e iniciar coleta seletiva.    

Concha conseguiu construir e equipar a academia e o espaço gourmet sem taxas extras e pouco aumento da taxa condominial. Além disso, reduziu custos e realizou melhorias que impactam diretamente na qualidade de vida do morador: “A conta de luz que chegava a R$4.500, caiu para uma média de R$ 2.000, somente realizando a troca de lâmpada comum por LED. Desde dezembro de 2016, estamos usando a água da Embasa, antes, usávamos água de poço, que passava por tratamento, filtragem e manutenção por uma empresa privada, tínhamos constantes quebras de bombas, que geravam muitos gastos. Com isso, também, temos uma água com mais qualidade para consumo humano. A água do poço é usada para molhar as plantas, lavar áreas grandes, etc. Realizar o corte do funcionamento das bombas do poço, manutenção quase que mensal das bombas e a empresa de tratamento foi uma boa economia”, finalizou Concha que conta com o administrador Igor, e a empresa AC Assessoria Contábil Condominial.





 

Tags: Administração de Condomínio  Gestão  Síndica  

Comentários

Cadê o Síndico é uma realização da Editora União Salvador LTDA.

Travessa Francisco Gonçalves, 01, Edf. Reitor Miguel Calmon, Sl. 303
Comércio - CEP:40.015-090 71 3242-1084 / 3491-0710