01/12/2017

Os desafios da gestão ambiental nos condomínios

Por: Carla Brayner

SISTEMA CONTÁBIL GERENCIAL AMBIENTAL AUXILIA SÍNDICOS E ADMINISTRADORES

Poucos internalizam que o meio ambiente envolve tudo do entorno e precisa de cuidados especiais. Desta forma, a contabilidade ambiental se apresenta como uma ferramenta importante para auxiliar a gestão dos recursos produzidos nos condomínios, permitindo ao síndico e administrador um atendimento à preservação ambiental e melhores resultados de suas ações. 

Nos últimos anos, a maioria das residências está em condomínios fechados, que passam a ter infraestrutura com responsabilidade da gestão privada. “Os custos com água, esgoto, drenagem, iluminação e gestão dos resíduos se tornam um desafio grande para os síndicos e administradores desses condomínios”, conta Danniela Scott, engenheira ambiental e sanitarista da Ceries Tecnologia Ambiental e Construções.

Para reduzir os impactos no meio ambiente e elevar os níveis socioambientais do condomínio, é importante o uso da contabilidade ambiental. “Como forma de gerenciar melhor o uso dos recursos naturais, bem como sua destinação e melhor aplicação. Para isso, é preciso aplicar os métodos ambientais utilizados nos sistemas produtivos na gestão de condomínios, como o Sistema Contábil Gerencial Ambiental (SICOGEA)”, relata Danniela. 

O SICOGEA é um método de avaliação que busca gerar informações ao gestor referente os impactos das suas ações no meio ambiente com o auxilio da contabilidade e controladoria ambiental. “Este método permite contabilizar cada recurso e diminuir desperdícios”, conta Danniela, que ainda afirma que o gerenciamento dos recursos depende da mudança de comportamento individual de cada condômino e somente terá sucesso quando trouxer vantagens econômicas nas despesas fixas do condomínio. 

“É PRECISO APLICAR OS MÉTODOS AMBIENTAIS UTILIZADOS NOS SISTEMAS PRODUTIVOS NA GESTÃO DE CONDOMÍNIOS”
Danniela Scott

Engenheira ambiental e sanitarista 

Segundo a bióloga e socióloga Rita Mendonça, os problemas ambientais são resultados de uma crise de percepção do homem. “Para resolvê-los devemos melhorar a compreensão sobre o meio que nos cerca e encontrar soluções, modificando a nossa forma de pensar e agir, superando as dificuldades de aceitar opiniões diferentes”, fala Rita.

“Antes de generalizar o cuidado com o ambiente devemos tê-lo individualmente. Estar consciente do quanto é importante para cada um e a diferença que faz as mudanças de rotina no seu dia a dia”, diz Danniela Scott.

A Gestão Ambiental será bem aceita e praticada a partir do momento em que os condôminos observarem a diminuição dos custos com os recursos empregados nesse gerenciamento.

 

Tags: Condomínio  Contabilidade gerencial  Gestão Ambiental  

Comentários

Cadê o Síndico é uma realização da Editora União Salvador LTDA.

Travessa Francisco Gonçalves, 01, Edf. Reitor Miguel Calmon, Sl. 303
Comércio - CEP:40.015-090 71 3242-1084 / 3491-0710