22/09/2017

Síndica promove revolução em condomínio

Por: Carla Brayner




COM AÇÕES DE SUSTENTABILIDADE, O CONDOMÍNIO MORADA ALTO DO IMBUÍ PASSA POR TRANSFORMAÇÃO


Elaine Graziela, engenheira com atuação nas áreas de qualidade, segurança do trabalho e meio ambiente, mora há quatro anos no Condomínio Morada Alto do Imbuí, que tem 394 unidades e cerca de 1.400 moradores. Ela era conselheira fiscal do condomínio e com a renúncia do síndico, assumiu o cargo interinamente. Em março de 2016, foi eleita a síndica do edifício e em pouco tempo, implantou várias práticas sustentáveis e gerou muita economia.

Ao assumir, Elaine colocou em prática ações para gerar responsabilidade ambiental e economia nas contas mensais. “Criamos o Programa de Reciclagem que propiciou parceria com o Projeto Vale Luz da Coelba, em que as cooperativas recolhem o material e em troca, temos o desconto na conta de luz. Foi concluída a implantação da medição individualizada de água, que reduziu em 16% o valor da taxa condominial. Foram instalados sensores, trocadas as lâmpadas para LED, a iluminação foi automatizada, sensores antigos tiveram tempo de acendimento reduzido, obtendo uma redução de 20% na conta de energia e arejadores foram instalados nas torneiras e descargas, diminuindo o fluxo; entre outras coisas”, conta Elaine, que encontrou apoio para transformar um espaço abandonado em horta comunitária, com hortaliças, temperos, frutas e legumes plantados e distribuídos aos moradores. 

O condomínio está aprimorando um projeto de captação de água da chuva e reuso de águas servidas, que já são recolhidas e utilizadas na limpeza das áreas comuns. Também é feita a coleta de pilhas, baterias, óleo de cozinha e lâmpadas, que são direcionados para o local específico que realiza o descarte adequado destes materiais. 

Elaine conta com auxílio de assessoria administrativa e jurídica. “Com todo esse apoio, tenho conseguido implantar novos procedimentos e controles na gestão do condomínio. E dentre as metas estão: a obtenção do Atestado de Vistoria do Corpo de Bombeiro, qualificação contínua dos funcionários, implantação de um programa para terceira idade; conclusão de algumas demandas antigas; implantação de energia eólica e solar; realização de investimentos e melhorias para uma maior valorização do imóvel” finaliza a síndica. 

Todo este trabalho foi feito sem a cobrança de cotas extras, respeitando o plano orçamentário do condomínio. “Muitas ações estão sendo estruturadas, como a realização de oficinas para crianças e uma feira sustentável”, finalizou a síndica.



 

Tags: Gestão  Síndico  Sustentabilidade  

Comentários

Cadê o Síndico é uma realização da Editora União Salvador LTDA.

Travessa Francisco Gonçalves, 01, Edf. Reitor Miguel Calmon, Sl. 303
Comércio - CEP:40.015-090 71 3242-1084 / 3491-0710