15/09/2014

Conforto, segurança e mais economia

Por Carla Brayner

Como a tecnologia pode melhorar os serviços e as instalações dos condomínios

Graças aos avanços tecnológicos alcançados pelo homem em séculos de pesquisas, a tecnologia empregada em condomínios tem proporcionado diversos benefícios aos funcionários, moradores e visitantes. Além de conforto e segurança, criam ambientes sustentáveis por meio de sistemas inteligentes.

Uma das formas de utilizar a tecnologia em condomínios é por meio da automação predial, que permite a execução de rotinas e tarefas de forma automatizada, por meio da utilização de dispositivos elétricos e eletrônicos, simplificando a vida diária das pessoas e proporcionado conforto, segurança e economia. “A automação predial tem como principal benefício a redução dos desperdícios. Com sistemas inteligentes, é possível monitorar e controlar o uso dos recursos, melhorando a eficiência do prédio. A área de segurança também ganha muito, com controle de acesso digital, monitoramento eletrônico e instalação de sensores inteligentes”, informa Vinicius Bastos, diretor da empresa Munddo, que oferece soluções de alta tecnologia para criar ambientes sustentáveis, por meio de sistemas inteligentes de automação.



Um sistema de automação predial é feito com sensores, atuadores e um software supervisor de gestão. “Há uma oferta de marcas de alta qualidade e é importante dar atenção à instalação, que responde por 90% do sucesso do projeto”, alerta Vinicius Bastos. 

Economia de energia elétrica

A Munddo comercializa o sis­tema de automação Fibaro  que contribui para tornar o imóvel inteligente, proporcionando a redução de até 30% do consumo de energia, evitando o desperdício com eficiência. “Tudo isso é feito com sensores e atuadores ge­renciados por uma central de automação sem fio. Dessa forma, é possível programar o desligamento do ar-condicionado no horário determinado, apagar as luzes externas do prédio automaticamente, desligar TV e som, quando não houver ninguém no ambiente e muito mais”, informa Vinicius Bastos. 

Uma outra forma de economizar a energia elétrica é a instalação de sensores, que são responsáveis pela leitura das informações dos ambientes, como temperatura, umidade, presença, luminosidade, entre ou­tros. “Os sensores informam para a central de automação a situação em função da programação e os atuadores desligam as luzes, ajustam o ar-condicionado, sobem as cortinas”, diz Vinicius.

Monitoramento dos níveis de água

A empresa Rastec Tecnologia, criou o sistema Waterplus, que tem o objetivo de monitorar as caixas de água superior dos condomínios para evitar o desperdício e a falta de água. Além de evitar acidentes com funcionários, pois não será necessário que o mesmo visite o terraço para verificar a caixa de água.

De acordo com Luiz Andrade, sócio-diretor da Rastec Tecnologia, o sistema informa em tempo real via internet, email e celular o nível das caixas de água, transbordo, vazamento e o desgaste da bomba. “Dessa forma é possível evitar o cons­trangimento da falta de água para os moradores, pois o sistema envia mensagens SMS para celulares e email, alertando o baixo nível da água com até 8 horas de antecedência, ou seja, tempo suficiente para verificar o problema e resolvê-lo”, informou Luiz.

Também, são instalados sensores para avisar que o tanque irá transbordar, caso a bomba não seja desligada. “O transbordo é muito comum em prédios e é o grande vilão no aumento da conta de água”, alerta Luiz.

O sistema monitora a quantidade de vezes que a bomba é ativada para abastecer a caixa de água. Se a bomba ligar mais vezes que a media diária, o sistema envia alertas informando a possibilidade de vazamento pelo aumento de consumo. “O Waterplus também informa a quantidade de vezes que a bomba é acionada, se a quantidade sair da média diária, ele avisa. Uma bomba com problema térmico, fica ligando e desligando, dessa forma ela gasta uma quantidade enorme de energia, até conseguir encher a caixa de água. Essa falha só poderá ser detectada via sistema”, diz Luiz. 

A Rastec Tecnologia informou que está com um preço promocional, acesse waterplus.com.br, e tenha mais informações. 

Segurança 
 
A falta de segurança é uma das principais preocupações dos moradores dos grandes centros urbanos. Com o avanço da tecnologia nessa área, já existem sistemas e soluções específicos, com recursos que tornam a vigilância muito mais eficaz. “Dentro dos meios técnicos ativos e meios técnicos passivos existem diversas opções que podem ser aplicadas em condomínios com o controle de acesso digital, monitoramento eletrônico e instalação de sensores inteligentes”, informa o especialista em segurança Nino Meirelles.

Porém, Nino alerta para que antes de implantar qualquer sistema seja realizado o diagnóstico, identificação, análise, avaliação e tratamento dos riscos. “Sem estas etapas iniciais, é muito difícil ter uma solução de segurança, será uma atitude irresponsável”, completa. 

Na área de segurança é possível instalar o CFTV, que são câmeras e monitoramento com ou sem acesso remoto; o controle de acesso veicular, de pedestre e de funcionários; ronda eletrônica; cerca elétrica e peri­metral (sensor); concertina; alarme e etc. “Foi instalado recentemente em um condomínio de Alphaville o controle de acesso veicular (CAV), que utiliza a tecnologia RFID, através de antenas com alcance de 6 a 15 me­tros, que captam o sinal emitido pelo TAG (adesivo colado no pára-brisa). Os dados dos moradores são cadastrados no sistema e aparece no monitor da gua­rita ou central de monitoramento as informações do veículo cadastrado, gerando um relatório de entrada e saída e liberando automaticamente o acesso”, disse Valter Nery, coordenador de projetos da empresa Solution – sistemas integrados de segurança, que instalou o sistema no Carpe Diem.

De acordo com Afonso Porfírio, responsável técnico da empresa Solution, os empreendimentos que utilizam o sistema de segurança todo integrado, tem uma melhor proteção, pois os dados armazenados agilizam a liberação do acesso e garantem uma melhor proteção, principalmente na entrada, onde acontecem as tomadas de assalto.

Procure sempre um especialista para adequar o condomínio com as novas tecnologias. Tem muitas opções no mercado, e o importante é contratar uma empresa séria, com um bom histórico e sistemas de fácil instalação e manuseio.



 

Tags: Automação Predial  Conforto  Segurança  

Comentários

Cadê o Síndico é uma realização da Editora União Salvador LTDA.

Travessa Francisco Gonçalves, 01, Edf. Reitor Miguel Calmon, Sl. 303
Comércio - CEP:40.015-090 71 3242-1084 / 3491-0710