fechar× Entre em contato 71 3242-1084 / 3491-0710

Cuidados com a piscina no verão


O VERÃO CHEGOU E AS ATENÇÕES DEVEM SER VOLTADAS PARA ESTE EQUIPAMENTO DE LAZER MUITO UTILIZADO NO PERÍODO  

As crianças já estão de férias, a temperatura está subindo, e o sol está aparecendo todos os dias. Esse trio chama os condôminos para a área de lazer do prédio, principalmente a piscina. Mas, será que o tratamento utilizado em seu condomínio precisa se adequar à nova estação?  

De acordo com Neilton Santiago, sócio diretor da Click Piscinas, o tratamento adequado proporciona o prazer de desfrutar da piscina de forma segura e agradável: “É importante realizar o tratamento químico durante a noite, ao invés de esperar para o dia seguinte e assim, conseguir deixar a piscina com a água equilibrada e com boa aparência”.

“É IMPORTANTE REALIZAR O TRATAMENTO QUÍMICO DURANTE 
A NOITE, AO INVÉS DE ESPERAR PARA O DIA SEGUINTE ”

Neilton Santiago
Sócio diretor da Click Piscinas


É importante observar como é feita a limpeza das bordas. “A maioria dos tratadores limpam as bordas das piscinas, fazendo um movimento circular em toda sua extensão, lavando e enxaguando com a própria água da piscina, desta forma quase toda sujeira e oleosidade volta para piscina e logo, em poucas horas já retorna toda para a borda, o correto neste caso é utilizar um balde extra para enxaguar esses resíduos ali dentro. Além de aplicar o redutor de oleosidade”, alertou Neilton.

“Com as férias, meus filhos querem descer para a piscina todos os dias, e eu fico super preocupada com a limpeza da água. Dá muita segurança saber que temos um tratamento adequado, já que nossos filhos estão por aqui, quase que todos os dias, e a gente sabe que é inevitável, a criança engolir um pouco de água”, relatou Micheline Barbosa, moradora de um condomínio em Patamares.  

Sobre os produtos químicos e a filtração, Neilton ressalta a importância de utilizar sempre produtos de qualidade e com uma margem mais elevada, por conta do verão, observando as Normas Brasileiras (NBRs). “Neste período, a filtração deve ser explorada ao máximo, no mínimo oito horas por dia. Uma água tratada com produtos de primeira, com parâmetros equilibrados, com filtração máxima e bons tratadores, dificilmente terá problemas. Seja inverno ou verão”, disse o especialista.

O tratamento ideal é para ser diário, principalmente com a chegada do verão. “As águas das piscinas podem sofrer alterações com facilidade, seja pelo excesso de visitantes, de urina, chuvas fora de época, suor, creme de cabelo, bronzeador, protetor e até mesmo trajes inapropriados. Tudo isso pode contribuir para o desequilíbrio da água”, conta Neilton.

É muito comum neste período que as crianças menores estejam nas piscinas com seus pais ou responsáveis, e muitas vezes ocorrem um descuido e elas acabam fazendo suas necessidades ali mesmo, se estiverem com fraldas adequadas ótimo, caso contrário a piscina estará infectada e deverá ser submetida a um tratamento de choque.

Precisa esvaziar a piscina?

“Não. Basta interditar por dois dias e realizar o tratamento de choque com 15gr cloro/1.000lt. No dia seguinte deve repetir o processo caso seja necessário. Após as 48hs deve analisar os parâmetros químicos, caso o cloro livre já esteja dentro do ideal (1 a 3ppm) pode o condomínio submeter a água ao teste químico/bacteriológico para coliformes fecais e estando a piscina apta liberá-la para o uso dos banhistas”, explicou Neilton.


 
Carla Brayner, 07.JANEIRO.2019 | Postado em Piscina
  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...