fechar× Entre em contato 71 3242-1084 / 3491-0710

Tratamento da piscina no verão

Com a chegada da estação mais quente do ano faz-se necessário aumentar a atenção às águas de piscina, isso porque a maior incidência solar nesta estação contribui para a decomposição dos produtos responsáveis pelo tratamento de água, em especial o cloro. 

Além do aumento da incidência solar, esta estação também é responsável por atrair um maior número de banhistas e junto com eles as indesejáveis impurezas (suor, urina, óleo bronzeador, areia e etc.).

Para lidar com toda essa situação, evitando problemas com o aspecto visual da piscina e com a saúde e segurança dos banhistas, o indicado é que se deposite uma atenção maior ao tratamento, principalmente no controle de cloro livre e  pH, realizando avaliações mais de uma vez ao dia e aplicando produtos específicos para a correção destes parâmetros, sempre que necessários.

Em piscinas coletivas, nas quais o uso é ainda mais intenso (clubes, hotéis, condomínios), recomenda-se ainda um tratamento de choque com o produto Q Clor OXI 65% – Hipoclorito de Cálcio – ao menos uma vez na semana. Para realizar este tratamento é necessário um aumento significativo da dosagem de cloro quando comparado com uma dosagem de rotina, com o Oxi65, por exemplo a recomendação é de 14g de cloro por m³ de água.  Esse tipo de tratamento tem por característica ação rápida na oxidação de matérias orgânicas, algas e bactérias, deixando a água cristalina e desinfetada em um curto período de tempo.

É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA QUE A AREIA DO FILTRO
ESTEJA DENTRO DO SEU PERÍODO DE VALIDADE


A atenção com o filtro também deve ser redobrada no verão. É de extrema importância que a areia do filtro esteja dentro do seu período de validade, garantindo um bom funcionamento do equipamento. Além disso, a frequência para filtrar a água da piscina aumenta neste período, assim como o procedimento de retrolavagem.

 
Isadora Andrade, 07.JANEIRO.2019 | Postado em Piscina
  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...